PROBLEMAS ESPIRITUAIS

 

 

 

                                                        

 

Em um mundo em crise aqueles pilares em que baseávamos nossa segurança começam a ruir: famílias em crises, autoridades envolvidas em escândalos, grandes empresas falindo, a economia em crise, o futuro parece cada vez mais incerto.

É uma gigantesca estrutura social que parecia sólida, ruindo. Sólida? A aparência enganava, estava podre por dentro. Coisas de plutão em capricórnio. Esse planeta manda um recado a todos “tudo que não for sólido vai cair”.

Num cenário desses temos as crises individuais que acontecem quando não vivemos os anseios de nossas almas.

Usando a numerologia e a astrologia é muito fácil entender os anseios da alma de cada um.

O grande problema é quando não se vive esses anseios, quando existe uma enorme distância entre a vida e a busca da alma.

No Brasil temos um número muito grande de pessoas com potencial para a espiritualidade, são sensitivos, médiuns, paranormais, enfim pessoas com um enorme potencial de perceber o que a maioria não percebe. Essa é um condição inata, é um compromisso assumido com a divindade antes de nascer. Essas pessoas vêm a este plano para apoiar e ajudar as outras pessoas de diversas formas. Se essa pessoa não usa esse potencial ou o renega normalmente tranca todo seu potencial e começa a atrair problemas cada vez maiores.  Podem ser problemas econômicos, de relacionamento, de saúde, entre outros.

Ao contrário do que muitos pensam, a espiritualidade praticada com o devido equilíbrio  encaixa-se perfeitamente em nossa vida, não traz dor ou sofrimento, traz felicidade, alegria de ajudar o próximo e atrai melhorias na nossa vida.

Há muito a ser feito nessa área, algumas tarefas são tão específicas que se a pessoa certa não assumir essa tarefa ninguém mais poderá fazer.

Com a entrada de Urano em peixes há alguns anos atrás o potencial espiritual de muita gente, especialmente as pessoas na faixa dos 36 aos 45 anos, aflorou. Muitas vezes as pessoas entraram em pânico, pois começaram a ouvir ou ver o que ninguém vê, a ter pesadelos ou sonhos estranhos. São as habilidades espirituais sendo ativadas!

Existe uma diferença muito grande entre as doenças psiquiátricas e as habilidades espirituais. Um bom diagnóstico psiquiátrico é capaz de diferenciá-las.

A maioria dos casos de depressão traz no seu bojo problemas espirituais. E problemas espirituais não se resolvem com remédio. Buscando a razão por trás da depressão vemos desde lembranças de vidas passadas, espiritualidade desequilibrada, traumas de nascimento, etc…

Muitas pessoas depressivas entram em sintonia com uma dimensão muito pesada chamada umbral. Ali, captam a dor, o sofrimento, a escuridão, o desespero e entram em pânico, tentando fugir daquilo tudo, pensando mesmo em suicídio para aliviar sua dor. Nessa situação o uso de remédio é necessário para preservar a pessoa de algum ato extremo.

 

 

Felizmente temos muitos recursos para esses casos inclusive alguns florais que têm a capacidade de tirar a pessoa dessa sintonia com o umbral, quebrando essa ligação, a pessoa começa a se sentir melhor.

Outro caso de problemas espirituais são doenças estranhas, que ninguém descobre o que é e que não respondem a nenhum tratamento. Essas doenças são a maneira do espiritual levar a pessoa a buscar seu caminho, cumprir sua missão.

As habilidades espirituais têm um outro lado, pois se não forem usadas equilibradamente essa sensibilidade toda inclina-se aos vícios, como o abuso do álcool, do sexo e o consumo de drogas.

Grande parte dos dependentes químicos são médiuns ou sensitivos desequilibrados. A melhor maneira de tratar a dependência química é aliar o tratamento médico com o apoio espiritual, mas o essencial é que a pessoa queira realmente mudar.

Agora é a hora, todos aqueles que vieram a esse planeta com a marca da espiritualidade são chamados para assumir o seu lugar e cumprir sua missão! É um compromisso assumido perante a própria divindade e uma missão sagrada, e não se nega uma missão sem pagar um preço muito caro. Vamos está na hora!    Mesmo a chama pequena de um simples fósforo serve para iluminar. Todos os que têm uma gota de luz tem o dever de repartir isso com a humanidade!

 

 

RÉGIS CAANABARRO